quarta-feira, 29 de setembro de 2010

"POESIA NO BLOG DO POETA - Sabe onde está Deus?”

*
Deus está na flor
Que nasce toda perfumada
Para ser símbolo do amor
De alguma namorada.
**
Deus está nas sementes
A germinar nas matas
Como lindo presente
De uma passarada nata.
***
Deus está no trabalho
Rotina do dia a dia
Com ele nunca falho
Pois trabalho em harmonia.
****
Deus está no alimento
Nossa fonte de energia
Se faltar por um momento
Acaba nossa alegria.
*****
Deus está na oração
Que alimenta nossa alma
E nos dá sustentação
Para uma vida calma.
******
Deus está na cura
De quem sofre com a doença
Tem uma vida dura
E é tratado sem decência.
*******
Deus está nas coisas pequenas
Que às vezes não percebemos
Enxergamos as grandes cenas
Como parte dos problemas.
********
Deus está na alegria
De estarmos respirando
E por mais um dia
Nossa vida ir levando.
*********
Deus está na humildade
De quem sabe valorizar
Tendo uma vida de bondade
Sabendo a todos respeitar.
**********
Deus está ajudando
Este poeta astuto
E com fé valorizando
Os versos deste matuto.

Poeta: Joaquim da Rocha.

"BELEZAS DE CHAVAL- PRAINHA OU PORTO DO MOSQUITO COMO QUEIRAM"

Ao fundo Manguezais preservados e um nativo chegando de mais um dia de trabalho na pesca, lindo, uma verdadeira obra prima da Natureza.

"CHARGE NO BLOG DO POETA - POVO - SINFRÔNIO"

"PIADA NO BLOG DO POETA - Contos de mãe "

A mãe do FHC encontrou-se com a mãe do Clinton e com a mãe do Yeltsin, e começaram a conversar sobre as histórias de infância de seus filhos.
A mãe do Clinton disse:
- Sabe... Quando o Bill nasceu eu não tive leite e amamentei-o com leite de búfalo. Por isso e que ele e assim, impetuoso, fogoso...
Por sua vez, a mãe do Yeltsin disse:
- Eu entendo! também não tive leite e amamentei meu filho com leite de ursa. Por isso e que ele e assim, imprevisível, violento...
Então a mãe do FHC retruca:
- Eu entendo muito bem! Eu também não tive leite e amamentei o FHC com leite de magnésia. Por isso e que ele e assim, só faz merda...

" TIRIRICA, O 'ABESTADO' CEARENSE SUPOSTAMENTE PERSEGUIDO NA TERRA DA GAROA"

"PIOR DO QUE TÁ NÃO FICA, VOTE TIRIRICA"

Tiririca, nome artístico de Francisco Everardo Oliveira Silva, nascido no município cearense de Itapipoca, é um dos principais humorista brasileiro. Candidato a Deputado Federal pelo partido Partido da República no ano de 2010, é duramente criticado pela sociedade e por outros candidatos pelo fato de ser um humorista e possivelmente analfabeto. Aos 8 anos começou a trabalhar em circo na cidade natal, onde atuava como palhaço e a alcunha de Tiririca o acompanha desde a infância, devido à personalidade muito forte de que gozava. O apelido foi dado pela mãe, quando o filho era mal-humorado e zangado. Ficou famoso com a frase "Ora menino, só sendo mesmo menino, menino!". Em 2010, Tiririca lançou sua candidatura para deputado federal pelo estado de São Paulo por meio do Partido da República. Utiliza bordões como "O que é que faz um deputado federal? Na realidade, eu não sei. Mas vote em mim que eu te conto", ou "Pior do que tá não fica, vote Tiririca". Tais bordões levaram um candidato a deputado estadual a representá-lo junto ao Ministério Público Eleitoral, sob o fundamento de que estaria afrontando o Congresso Nacional e o poder público em geral. A representação, contudo, foi arquivada.Além do mais, Tiririca é apontado como um analfabeto pela Revista Época, o que também pode impugnar sua candidatura. Entretanto a Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo está analisando os registros da candidatura de Tiririca (PR), para verificar se ele sabe ou não ler e escrever. Caso fique comprovado que o candidato é analfabeto, ele pode se tornar inelegível para o cargo. As suspeitas de que Tiririca não sabe ler e escrever surgiram depois de reportagem da Revista ‘Época’. Os repórteres da publicação semanal pediram que Tiririca lesse um papel, mas o candidato só conseguiu, segundo a matéria, com a ajuda de assessores.

LÁ VAI O BESTA: Analfabeto coisa nenhuma, a epoca deve está a serviço dos invejosos. "Tudo intriga da oposição, acho".

"Nacional, PRAZO EM VIGOR - Eleitores não podem ser presos"

Brasília. Desde ontem até 48 horas depois do encerramento das eleições de 3 de outubro, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto.

Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a proibição de prisão de candidatos, fiscal de partido e membros de mesa está em vigor desde o último dia 18. Essas pessoas podem ser detidas ou presas, no entanto, em caso de flagrante delito.

Na quinta, dia 30, termina o prazo de comícios, reuniões, propaganda no rádio e na TV e utilização de sonorização fixa de 8 às 24h. Nesse dia termina também o prazo para os partidos identificarem os responsáveis pela expedição das credenciais de pessoal que vai trabalhar no dia da eleição.

Na sexta, dia 1º, termina o prazo de publicação paga na imprensa escrita e reprodução na internet do jornal impresso de anúncios dos candidatos. O sábado, dia 2, é último dia para a propaganda eleitoral com alto-falantes nos carros, das 8 às 22h. A lei permite a distribuição de material gráfico e a promoção de caminhada, carreata, passeata com jingle dos candidatos pela cidade até às 22h.

"SUCESSÃO PRESIDENCIAL - Crescem chances para 2º turno"

A candidata do PV, Marina Silva, subiu em todas as regiões do País, Dilma caiu e Serra se manteve estável.

Rio de Janeiro. A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, caiu três pontos e tem agora 46% das intenções de voto, segundo pesquisa Datafolha divulgada ontem pela jornal "Folha de S. Paulo". O tucano José Serra manteve o percentual de 28%, registrado na pesquisa anterior, enquanto Marina Silva (PV) subiu um ponto e aparece com 14%. O levantamento aponta um aumento nas chances de um segundo turno na corrida presidencial.

Segundo a pesquisa, a soma dos outros candidatos não chega a 1%. Os votos brancos e nulos são 4%. O índice de eleitores indecisos chega a 7%.

Levando-se em conta apenas os votos válidos - que exclui brancos e nulos, Dilma caiu de 54% para 51%, percentual que ainda lhe daria vitória no primeiro turno. Porém, como a margem de erro de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, a petista oscilaria de 49%, o que levaria a um segundo turno, a 53%. Já Serra, que na pesquisa anterior tinha 31% dos votos válidos, agora aparece com 32%. Marina também subiu, passando de 14% para 16%.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Serra, a petista venceria com 52%, e Serra chegaria a 39% da preferência do eleitorado. No levantamento anterior, a petista tinha 55%, e o tucano, 38%.

A candidatura de Dilma sofreu ainda queda em todos os estratos da população, nos recortes por sexo, região, renda, escolaridade e idade. Uma das maiores baixas, de 5%, se deu entre os eleitores que ganham de 2 a 5 salários mínimos, que são 33% da população brasileira. Entre as mulheres, a petista teve uma queda de 47% para 42%. A petista também caiu em todas as regiões.

A queda de Dilma não acompanhou o crescimento de seu principal adversário, José Serra. Ele se manteve estável em todas as regiões, oscilando apenas dentro da margem de erro. No Sudeste, Quem subiu em todas as regiões foi Marina

O Datafolha ouviu 3.180 pessoas em 202 municípios na segunda-feira, 27 de setembro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 32913/2010. .

APÓS DATAFOLHA:
Dilma pede "serenidade" e "determinação" à militância.

Brasília. No dia em que o Datafolha apontou aumento da possibilidade de segundo turno nas eleições presidenciais, a candidata do PT, Dilma Rousseff, disse que é impossível dizer hoje se haverá ou não a continuidade da disputa após o domingo e fez um apelo aos seus apoiadores para ter "serenidade" e "determinação" nessa reta final.

"Queria fazer um apelo à militância para não esmorecer, ir para as ruas e disputar voto a voto. Peço três coisas: primeiro, serenidade, porque a gente está no rumo certo, ninguém precisa perder o rumo nem o prumo, temos que continuar tendo uma atitude serena diante de todo esse processo, manter o nível, não brigar, não ter baixaria", afirmou a candidata, pedindo também "determinação" e "amor no coração" aos seus apoiadores.

Dilma visitou na manhã de ontem a rodoviária da região central de Brasília, um dos principais pontos de aglomeração popular da cidade.

A campanha petista cercou parte da área pública para que ela falasse aos repórteres sem aglomeração, o que é a situação mais comum nos eventos de campanha na rua.

A petista repetiu por diversas vezes a palavra "serenidade" na entrevista que concedeu e afirmou que é preciso "não gastar todas as emoções" e esperar também as outras pesquisas que serão divulgadas nesta semana, até o domingo. "Estamos em um momento da eleição em que é normal que haja subidas e descidas. (...) Ninguém hoje tem condições de antecipar nada . Qualquer um de nós vai ter que esperar a urna fechar, passei a eleição inteira dizendo isso, tem que ter respeito com o eleitor, esperar fechar a urna e contar os votos".

De acordo com pesquisa Datafolha, a diferença entre Dilma e todos os seus concorrentes caiu de 14 para 2 pontos percentuais nas duas últimas semanas. Para vencer no primeiro turno, o candidato tem que ter mais da metade dos votos válidos. Dilma também disse considerar normal o crescimento de Marina Silva (PV) nas pesquisas, mas voltou a afirmar que ninguém tem condições de antecipar nada. Ela se recusou a responder se prefere a candidata do PV ou José Serra (PSDB) em um eventual segundo turno.

REFLEXO:
Marina atribui crescimento à coerência de sua campanha.

Belém. Candidata do PV à Presidência, Marina Silva disse ontem que não queria que os escândalos contra o governo Lula tivessem ocorrido, mesmo sabendo que esses episódios podem ter contribuído para o crescimento dela nas pesquisas de intenção de voto. Em visita a Belém, ela foi questionada se a queda de Dilma Rousseff (PT) nas pesquisas se deve à divulgação de casos negativos ao governo Lula -o da Receita e o da ex-ministra Erenice Guerra. “Esses escândalos não ajudam a ninguém. Eu preferia que eles não tivessem acontecido”, destacou. Sobre seu crescimento, ela disse novamente que o resultado ocorre devido à sua coerência. “Eu decidi debater o Brasil, não ir para o vale-tudo eleitoral, não fazer ataque gratuito, as pegadinhas e as ofensas pessoais”, afirmou.

"Nacional, DESARMAMENTO - Justiça vai manter campanha permanente"

A entrega voluntária de armas à Polícia Federal isenta o proprietário de qualquer crime pelo porte ilegal.
JOÃO LUIS DN.

A partir de 2011, a iniciativa do governo em prol do desarmamento da população civil não sofrerá interrupção.

Brasília Depois de recolher mais de 500 mil armas de fogo no país por meio de campanhas de desarmamento, o governo assinou ontem um convênio visando a implantação da campanha de 2011. Ao contrário das anteriores que contribuíram para reduzir em 11% o índice de mortalidade por armas de fogo entre 2003 e 2009, a nova campanha terá caráter permanente.

Durante a solenidade de assinatura de convênio, o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, manifestou a intenção de instituir, por decreto presidencial, o Dia do Desarmamento, a ser celebrado todo ano no primeiro sábado de julho. "Intensificaremos a campanha três meses antes da data, a fim de estabelecermos um marco para avaliação e apresentação de números à sociedade", disse o ministro. "Nossa expectativa é de que a nova campanha reduza em patamar constante o índice de homicídios", acrescentou.

Estimativas do Ministério da Justiça indicam que ainda há sob os cuidados da população civil cerca de 1 a 2 milhões de armas. "Cada vez mais as pessoas estão cientes de que a posse destas armas não se traduz em segurança. Ao contrário, causa acidentes e crimes passionais. Por isso, o ideal é que as pessoas as devolvam", argumentou Barreto.

Ele acredita que a iniciativa brasileira de destruir as armas, a marretadas, assim que elas são entregues ajudou o governo e os organizadores das campanhas a conquistarem a confiança da população. "Por saberem que suas armas serão inutilizadas no momento da entrega, as pessoas passaram a ter mais confiança de que a arma entregue não cairá nas mãos de bandidos"´, disse o ministro.

A articulação da campanha ficará por conta do Ministério da Justiça e pela Rede Desarma Brasil. "Mas teremos o envolvimento de diversos setores da sociedade civil, como igrejas, maçonarias, sistemas de saúde, além das próprias polícias"´, acrescentou o coordenador do Programa Contra Armas da organização não governamental Viva Rio, Antônio Rangel.

As pessoas que quiserem entregar as armas que têm em casa já podem procurar a Polícia Federal e retirar uma guia. Ela deve ser preenchida e entregue junto com a arma à PF ou a instituições parceiras da campanha. O ministro Luiz Paulo Barreto confirmou que as indenizações, cujos valores variam em função da arma, continuarão a ser pagas. A entrega voluntária isenta qualquer crime pelo porte ilegal da arma.

Estimativa:
2 milhões de armas ainda podem estar em poder da população civil no Brasil. As campanhas de desarmamento no País já conseguiram recolher mais de 500 mil.

"Regional, SÃO FRANCISCO DAS CHAGAS - Romaria espera 2,5 milhões de fiéis em Canindé"

Altar da basílica de Canindé, o maior santuário franciscano das Américas, que atrai devotos de diferentes partes do País e do mundo, com predominância de nordestinos.
ANTÔNIO CARLOS ALVES.

Somente após as eleições, os devotos de São Francisco poderão fazer os votos de fé na Romaria de Canindé

Canindé. Com o tema "São Francisco, espelho da solidariedade´´, a Paróquia de São Francisco das Chagas e a Prefeitura de Canindé fazem os últimos ajustes para a maior romaria franciscana das Américas. Este ano, por conta das eleições, as festividades começarão no dia 7 de outubro e se encerram no dia 17. A devoção ao patrono da ecologia, da paz e dos pobres começou em 1758. São previstos cerca de 2,5 milhões de romeiros vindos de todo o País e até do Exterior, mas com predominância dos Estados do Nordeste brasileiro.

Os pontos religiosos passaram por melhorias para receber o grande número de fiéis que deverão vir de várias partes do País. A Prefeitura colocou toda a infraestrutura administrativa a serviço da Igreja Católica.

Canindé já está em contagem regressiva para o início dos festejos. De acordo com o pároco e reitor do santuário, frei João Amilton dos Santos, "há exatos 8 meses nos preparamos para essa romaria e os pontos religiosos estão prontos para receber os fiéis de São Francisco".

De acordo com o frei, os shows com cantores renomados no Brasil não irão acontecer em 2010. "A crise e a situação não permitem que essas festas sejam realizadas. É melhor que peguem esse dinheiro e empreguem na cidade´´, explica.

A Igreja Católica irá trabalhar com cerca de 60 frades e padres diocesanos que virão ajudar na festa. O prefeito da cidade, Cláudio Pessoa, já assegurou à coordenação das festividades que toda a área religiosa ficará a disposição da paróquia. O chamado corredor religioso, que compreende a Basílica, Igreja Nossa das Dores, Convento dos Franciscanos, Praça dos Romeiros até a Igreja de Cristo Rei no Monte, ficará livre para o trânsito de romeiros. Não será permitido nenhum tipo de comércio nesses espaços. Uma demarcação horizontal será feita para um melhor controle dos fiscais. "A Festa de São Francisco é da Igreja Católica, nosso papel é apenas dar o apoio que for necessário, solicitado por frei João Amilton dos Santos´´, afirmou o prefeito.

Iniciativa privada:
Quanto à infraestrutura, a prefeitura já começou a melhorar a iluminação das principais vias de acesso para o Santuário. Os abrigos mantidos pela Paróquia estão prontos para atender à demanda de visitantes que virão para a cidade.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Plínio Gomes, diz que o poder público e a Igreja fazem a sua parte, mas quem faz a economia se movimentar é a iniciativa privada. Para isto, é necessário que os donos de hotéis, restaurantes e pousadas mantenham seus estabelecimentos em condições de qualidade para atender o romeiro turista. "Quem vem a Canindé quer pagar, mas quer serviço de qualidade´´, observa Plínio Gomes. A Secretaria irá colocar guias turísticos na cidade.

Uma das novidades este ano é a exposição das relíquias (pedaços de ossos) de São Francisco, São Pedro, São Paulo e Santa Luzia, na Basílica, e de Santa Clara, no Mosteiro das Clarissas, religiosas reclusas.

Segurança:
Quem vier para a Festa de São Francisco irá encontrar um forte esquema de segurança montado pelas polícias Rodoviária Federal, Estadual, Civil e Militar, Promotoria Pública e também a Guarda Municipal. A meta é assegurar completa segurança para os romeiros. Além do policiamento já existente na cidade, Ronda do Quarteirão, Força Tática de Apoio, Serviço de Inteligência da PM, polícias Civil e Militar e Guarda Municipal, a cidade receberá um reforço de 180 policiais durante os 10 dias de festejos.

Integram as equipes, pessoal do Raio, Cavalaria, Corpo de Bombeiros, Batalhão de Choque e uma aeronave do Ciopaer, que ficará sobrevoando a cidade numa vigilância permanente nos dias festivos.

O promotor de Justiça, Sérgio Louchard, disse que um esquema especial está pronto para evitar a entrada de armas e drogas na cidade. Para tanto, conta com o apoio da Secretaria de Segurança do Estado, Polícia Rodoviária Federal e Estadual, Secretarias Municipais de Infraestrutura, Saúde, Educação, Paróquia de São Francisco e Guarda Municipal. O Ministério Público já requereu junto à Prefeitura o reforço na estrutura da mesma com mais viaturas.

Na Câmara dos Dirigentes Lojistas foi apresentado o projeto de mapeamento especial de Canindé. Cinco grandes estacionamentos para veículos de grande porte, como os ônibus e caminhões de romeiros, estão definidos, de forma a evitar a obstrução das estreitas ruas do Centro, onde há fluxo maior de consumidores nas lojinhas.

O inspetor chefe da 2ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, Wagner Barbosa, disse que serão disponibilizados 50 patrulheiros que irão percorrer o trecho que compreende o Piauí até Fortaleza, garantindo a segurança de quem vai utilizar a BR-020.

Quanto ao abastecimento de água, o presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), Heitor Pessoa, assegura que não irá faltar água na cidade durante os 10 dias. As adutoras dos açudes Sousa e São Matheus funcionarão, simultaneamente, para dar conta do aumento de consumo do recurso hídrico no período que a população mais que triplica.

Antônio Carlos Alves
Colaborador

Preparativos:
"Há exatos 8 meses nos preparamos para a romaria. Os pontos religiosos estão prontos para os fiéis"
Frei João Amilton dos Santos
Pároco e reitor do Santuário Franciscano de Canindé

Fique por dentro
Programação oficial

A Abertura da Romaria de São Francisco das Chagas acontece no próximo dia 7 de outubro. A data oficial é dia 4, mas, em função das eleições, a programação foi adiada. A abertura é às 4h da manhã, com hasteamento das bandeiras e celebração eucarística presidida por frei João Amilton dos Santos e concelebrada pelos demais sacerdotes presentes. No mesmo dia, às 18h, há a procissão com o Painel de São Francisco, da Basílica pelas principais ruas da cidade. De 8 a 16, sempre as 17h30, há procissão com o painel até a Praça do Romeiro. No período, há missas e novenas em diferentes horários. No dia 17, acontece a programação de encerramento. Às 16h, haverá a celebração final com a procissão pela ruas da cidade.

MAIS INFORMAÇÕES
Paróquia de São Francisco de Canindé, Praça da Basílica
Centro - (85) 3343.0017
(85) 3343.0774

ZONA NORTE:
Festa do Padroeiro mantém agenda

Cerca de 6 mil fiéis participam de missas campais em Sobral para louvar o padroeiro, São Francisco de Assis

Sobral. Neste Município, as festividades alusivas ao padroeiro, São Francisco, não foram adiadas. Toda noite, durante os nove dias de preparação para a grande data, dia 4, uma grande multidão, a maioria vestida de marrom, acompanha o novenário em louvor ao santo mais popular do Estado. Para receber todos os fiéis, que segundo os organizadores diariamente somam cerca de 5 a 6 mil, entre crianças e adultos, a missa é campal, fora da igreja. Uma grande arquibancada com capacidade para 4 mil pessoas foi montada para acomodar melhor quem vai aos novenários.

Para os frades capuchinhos de Sobral, as novenas são um tempo de agradecimento pelas graças recebidas por meio do padroeiro.

Este ano, o tema central da festa é "São Francisco e Santa Clara, modelos de amor eucarístico e missionário".

Durante o ato religioso, os frades chamam a atenção do público para que todos tomem parte, não apenas como meros ouvintes, mas de modo atrativo, rezando, ouvindo com atenção a Palavra de Deus e meditando-a, cantando com entusiasmo e fervor. "Quem canta seus males espanta, ou ainda, quem canta reza duas vezes", disse frei Nazário Oliveira, durante a celebração de segunda-feira.

A programação até o domingo, marca pela manhã e a tarde, missa, pregação, ladainha e novena as 6h, e à noite, missa campal. Na segunda-feira, 4, às 10h30, acontece a tradicional bênção dos animais; às 17h, procissão pelas ruas da cidade, seguida de missa de encerramento e logo após sorteio de brindes. Devido alguns incidentes, como pequenos furtos e até mesmo disparo de arma de fogo em anos anteriores, a segurança tem sido uma das prioridades durante as fases de grande aglomeração no local onde acontece os novenários.

O comandante do 3º Batalhão Policial Militar, Gilvandro Oliveira, ressalta que o retorno tem sido positivo. O número de assaltos aos devotos reduziu a zero, assim como outras ocorrências. Para garantir a ordem, policiais e viaturas são colocadas em pontos estratégicos. A Guarda Civil Municipal atua no isolamento das ruas no entorno da igreja durante a missa.

Este ano, a exemplo dos anos anteriores, no dia da procissão, os órgãos públicos do Município e o comércio local terão expediente especial de 8h às 14h, tendo em vista a participação dos seus servidores e funcionários na procissão. Os sobralenses, a exemplo de muitos outros lugares do Brasil e do mundo, reverenciam o milagroso santo, por ocasião do tradicional novenário. A Igreja de São Francisco de Sobral é uma das mais belas, notadamente pela geniosidade das pinturas sacras feitas em seu teto, há muitos anos, e que até hoje permanecem vivas, deslumbrando a todos que as observam. Vale ressaltar que o trabalho missionário dos capuchinhos é de grande relevância na disseminação dos ensinamentos evangélicos e na potencialização da fé.

Mais Informações
Santuário de São Francisco de Assis, Município de Sobral
Zona norte
(88) 3611.0971

Wilson Gomes
Repórter DN.

"ELEIÇÕES LIMPAS - OAB busca apoio para a campanha no Ceará"

Valdetário Monteiro diz que a Ordem defende uma reforma política logo.
VIVIANE PINHEIRO

Advogados vão ficar de plantão na sede da Ordem, no TRE e em alguns outros municípios cearenses, no domingo.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) está desenvolvendo uma campanha, nacional, com o propósito de conscientizar o eleitorado brasileiro sobre a importância do voto. Esse trabalho vem sendo realizado em parceria com a Igreja Católica (CNBB) e para promover uma maior divulgação, o presidente da OAB-Ceará, Valdetário Monteiro, visitou, ontem, o Sistema Verdes Mares, pedir apoio para o movimento no nosso Estado.

Durante a conversa com diretores do Sistema Verdes Mares, no gabinete do diretor de programação, Edilmar Norões, o presidente da Ordem defendeu a necessidade de uma reforma política e criticou os altos custos das campanhas eleitorais. Os valores estimados crescem a cada pleito e isso foi o que fez com que alguns políticos cearenses desistissem de pleitear a reeleição, destacou.

Ele acha que uma reforma política virá por conta de uma necessidade sentida pelos próprios políticos. Além dos gastos envolvidos em uma campanha eleitoral, Valdetário Monteiro avalia como muito importante a conscientização do eleitor e é nesse sentido que a Ordem dos Advogados do Brasil está procurando estimular o debate nas igrejas, universidades e pequenas comunidades.

Na sua avaliação é importante conscientizar o eleitor porque do voto dele depende ações para saúde, educação e mobilidade urbana, por exemplo. Então, é preciso conscientizar o eleitor até mesmo para que exerça o papel de fiscalizar e cobrar seus direitos do Poder Público e uma postura ética dos candidatos no processo eleitoral.

Consequência:
O tema da campanha é o mesmo utilizado em eleições passadas "Voto não tem preço, tem consequência". Com a realização de campanhas dessa natureza, ressalta, a OAB procura contribuir com o processo eleitoral. Como parte da campanha a entidade disponibilizou os telefones 0800-085-0800 e 9111-5533 para o recebimento de reclamações, denúncias de irregularidades e para tirar dúvidas dos eleitores.

Ao Diário do Nordeste, Valdetário Monteiro informou que a população cearense tem apresentado muitas reclamações e as denúncias são encaminhadas aos órgãos competentes para a adoção das providências cabíveis, como é o caso do Ministério Público Eleitoral e do Tribunal Regional Eleitoral. A Comissão de Direito Eleitoral da OAB-Ceará, presidida pelo advogado Ismael Aragão, ficará de plantão no próximo sábado, véspera do dia da votação e no próprio domingo durante todo o horário de votação na Capital, e alguns conselheiros serão deslocados para o Tribunal Regional Eleitoral e para algumas regiões do Estado, que reclamem mais atenção, a fim de prestar sua colaboração com o processo eleitoral cearense.

Da reunião com o presidente da OAB no Ceará, na manhã de ontem, participaram o diretor administrativo do Sistema Verdes Mares , Igor Queiróz; Edilmar Norões e o diretor de programação, além dos jornalistas Marcos Gomide, diretor de telejornalismo da TV Verdes Mares e Roberto Moreira, diretor de telejornalismo da TV Diário.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

"PIADA NO BLOG DO POETA - Discutindo a paz"

Bill Clinton foi à Bagdad para discutir a paz com Sadam Russain. Os dois se cumprimentaram e foram direto ao palácio presidencial.

Chegando lá, Clinton deparou-se com duas grandes poltronas, posicionadas frente–a–frente, os dois sentaran-se e foi então que Clinton percebeu na
poltrona de Sadam, haviam três botões próximos à sua mão.

Clinton fica desconfiado mas, desside que a paz e um assunto muito mportante e deveria ser discutido mesmo estando ele receioso. Quando Clintom começa a falar, Sadam pressiona o primeiro botão, subitamente uma mão mecânica surge e prende Clinton pelas bochechas, dificultando a sua fala.

Sadam não se contém e cai na gargalhada, mas Clinton mesmo embarassado decide continuar, afinal a paz é importante.

Sadam pressiona, então o segundo botão. Subitamente, uma perna mecânica, com uma enorme bota, chuta Clintom na bunda. Sadam novamente começa a rir, apoiando-se nos braços de sua poltrona, batendos os pés no chão e
balançando a cabeça "como uma criança" olhando para o teto.

Clintom agora, rubro de vergonha, decide mais uma vez tentar a paz é quando Sadam, finalmente pressiona o terceiro e último botão e outra perna mecânica, com uma enorme bota, chuta Clinton em suas particularidades
(nem tão particulares assim). Clinton cai de joelhos e em eguida rola por sobre o tapete vermelho do palácio de Russaim para deleite do ditador, cujas gargalhadas podiam ser ouvidas por todos os corredores.

Clintom percebe então não ser possível dar continuidade à conversa, levanta-se e volta para Washington. Um mês depois é a vez de Sadam ir à Casa Branca para discutir a paz.

Chegando lá os dois se cumprimentam e vão direto à sala presidencial. Sadam então depara-se com duas poltronas frente–a–frente, a de Clintom com três botões. Ele então prepara-se para a vingança americana.

Quando Sadam começa a falar, Clinto pressiona o primeiro botão, Sadam se contrai de súbito, mas nada, absolutamente nada acontece. Clinton abre uma enorme gargahada, Sadam não entende, mas decide continuar a discutir a paz.

Clinton então, pressiona o segundo botão. Sadam pula da sua poltrona mas, novamente, nada acontece. Dessa vez Clinton é quem bate com os pés no chão,
contendo-se para não se mijar. Sadam, perplexo, volta ao seu lugar e tenta retomar o diálogo.

Clintom então pressiona o terceiro botão. Sadam, mais uma vez pula mas nada, nada, acontece. Clinton cai no chão e rola por tras do birô, vermelho e sem ar de tanto rir.

Sadam, indignado, olha para ele e diz:

- Se é dessa forma que o senhor se porta, eu volto ao Iraque!

E Clinton, com lágrima nos olhos, de tanto rir, pergunta:

- Que Iraque?

"Internacional, LEGISLATIVAS - Venezuelanos votam maciçamente no pleito"

Chávez votou e afirmou que vai respeitar os resultados das eleições legislativas realizadas ontem.
FOTO: MIRAFLORES PALACE/ REUTERS

Chávez comemorou a "transparência" e a "eficiência" do sistema eleitoral e festejou a participação popular.

Caracas. Os venezuelanos votaram maciçamente nas eleições legislativas de ontem, marcadas por um clima de tranquilidade, informaram as autoridades. Longas filas persistiam às 18h local (19h30 em Brasília), horário previsto para o fechamento das seções eleitorais, que ficarão abertas até receber o último voto. Os primeiros resultados deveriam sair antes da meia-noite (01h30 horário de Brasília).

Mais de 17,5 milhões de venezuelanos escolheram 165 deputados da Assembleia Nacional (Parlamento unicameral), que desde 2005 é dominada de forma quase total pelos partidários do presidente Hugo Chávez.

Tibisay Lucena, presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), destacou que a jornada teve "um ambiente de tranquilidade e de civismo", sem maiores incidentes. O general Henry Rangel, chefe do Comando Estratégico Operacional (CEO) do Exército, confirmou que a votação transcorreu "normalmente" e "nenhum tipo de problema" foi registrado.

Chávez votou em Caracas, festejando a alta participação nas legislativas e acreditando na "voz do povo" para manter sua ampla maioria no Congresso. "Hoje não é apenas um dia de eleições na Venezuela (...) Este povo está dando uma lição (...) O povo está falando e estou certo de que a voz do povo será ouvida".

Chávez defendeu o atual sistema eleitoral do país e disse que vai respeitar os resultados do pleito. Ele votou no bairro popular 23 de Janeiro, bastião da esquerda venezuelana, acompanhado de duas filhas e de dois netos. O presidente comemorou a "transparência" e a "eficiência" do sistema eleitoral venezuelano e festejou a participação, que segundo ele superou os 70% do eleitorado.

O líder venezuelano lembrou que antes de chegar ao poder, em 1998, a abstenção podia chegar a 80%, já que "os pobres não votavam". "Aqui o povo não acreditava em política. A revolução bolivariana recuperou um nível alto de credibilidade e o povo está amadurecendo".

Eleito pela primeira vez em 1998 e candidato a um terceiro mandato em 2012, Chávez desafiou a oposição ao convocar um referendo para tirá-lo do poder. "É estranho que alguns analistas digam que estou balançando e sem apoio popular. Então convoquem um revogatório (...) Busquem as assinaturas no lugar de esperar que Chávez parta em um raio".

A Venezuela é hoje o "epicentro de uma batalha". "Todo nosso processo chama poderosamente a atenção do mundo porque aqui está se desenvolvendo uma verdadeira revolução e um ensaio apaixonante".

Brasil:
Chávez antecipou que o próximo presidente do Brasil, "continuará governando pelo mesmo caminho" do líder Luiz Inácio Lula da Silva. "A coisa vai bem no Brasil. Há bons ventos por lá e faltam apenas alguns dias" para a eleição. "Lula parte da presidência com 80% de apoio do povo brasileiro, e quem chega terá igualzinho 80% para continuar governando o Brasil.

LÁ VAI BESTA: Em vez de ficar dando opião a respeito sobre a democracia no nosso País, o ditador venezuelano Hugo Chávez, devia mesmo era convocar eleição presidencial no seu País, colocando de forma clara seu nome a aprovação popular.

"CHARGE NO BLOG DO POETA - Escapou da ratoeira? - SINFRÔNIO"

"Nacional, TV RECORD - Trocas de farpas marcam debate"

Os candidatos chegam ao debate realizado ontem, que foi marcado pelas críticas.
FOTO: CACALOS GARRASTAZU/OBRITONEWS

Serra disse que os petistas são "ingratos" com o sucesso do governo FHC, pois deram sequência ao Plano Real.

Rio de Janeiro. O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, afirmou no debate dos presidenciáveis, na TV Record, ontem, que não tenta se desvincular do governo Fernando Henrique Cardoso, mas que foi escolhido por sua biografia. "Não fui patrocinado por ninguém especificamente. Alguém que apontou o dedo e disse: ´Ele vai ser o candidato´. Fui escolhido em função da minha biografia", disse o tucano.

Dilma, por sua vez, criticou Serra por utilizar a imagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em seu programa de TV.

"Considero muito estranho que Serra use a imagem do Lula à noite e de dia faça crítica. Fizeram oposição muito raivosa durante o nosso governo."

Serra disse que os petistas são "ingratos" com o sucesso do governo FHC. O tucano ressaltou que os avanços econômicos obtidos pelo governo Lula ocorreram graças a ações do governo anterior, do tucano Fernando Henrique Cardoso.

Para Serra, o temor evocado por alguns setores da sociedade antes da eleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2002, não se justificou exclusivamente pela continuidade da política econômica iniciada pelo governo do PSDB.

"O medo não se justificou porque o governo Lula não mudou a política econômica", afirmou. O candidato do Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) procurou vincular o governo Lula a corrupção e atacou Marina por "não enfrentar poderosos". "Competência ela tem, o problema é enfrentar os poderosos. Engoliram os transgênicos, a transposição do rio São Francisco, as florestas", disse Plínio.

Serra foi alvo de Marina por duas vezes. Na primeira pergunta, questionou Serra sobre cortes de verbas em programas sociais em São Paulo. Ela disse que as promessas do candidato do PSDB não encontram "respaldo na realidade".

"Política, FICHA SUJA - Dúvida da constitucionalidade"

Constitucionalista cearense afirma que a norma é inconstitucional, embora reconheça a sua importância.

Em meio a discussão sobre a constitucionalidade e a aplicabilidade da Lei Complementar 135, a Lei da Ficha Limpa, o constitucionalista Valmir Pontes Filho assegura que a lei é inconstitucional. Ele aponta pelo menos quatro questões centrais: o princípio da anualidade eleitoral, a retroatividade da lei para prejudicar, o princípio da presunção de inocência e a real necessidade da revisão constitucional que possibilitou o aumento dos casos de inelegibilidade, dos quais trata a referida Lei Complementar.

Valmir Pontes Filho enxerga como primeiro ponto que a lei não respeita, a necessidade de uma norma que modifique as regras do jogo eleitoral ser aprovada pelo menos um ano antes da eleição, do que trata o princípio da anualidade eleitoral. "A lei não poderia valer para esta eleição. Por mais bem intencionada que seja, a Constituição, que é a nossa Carta maior, veta essa possibilidade. Só pode valer qualquer nova regra se for estabelecida um ano antes da eleição, que não é o caso", diz.

Outro aspecto que ele considera da maior relevância é o fato de que os casos de inelegibilidade elencados pela Lei Complementar 135 levam em consideração condenações anteriores à sanção da lei.

Inconcebível:
"Isso, na minha avaliação, é retroagir para prejudicar. Não podemos conceber isso. E cito um exemplo bem corriqueiro: eu parei de fumar há oito anos. Digamos que agora haja uma lei proibindo o fumo e esta lei me alcance mesmo eu tendo parado de fumar há oito anos. Isso é inconcebível", enfatiza.

A Constituição Federal, prossegue o jurista, além de garantir direitos individuais e sociais, assegura os direitos políticos que são os de votar e ser votado. E estabelece uma série de normas para tanto, como por exemplo, as idades mínimas para concorrer a um cargo público, o veto às candidaturas majoritárias de parentes dos governadores e do presidente da República.

"Há alguns também mais subjetivos como é o caso da análise da vida pregressa dos candidatos. Mas o cidadão só pode ser considerado ficha suja se tiver condenação transitada em julgado. Vejamos: toda pessoa, por pior que seja, tem o direito de se defender. E isso é básico no Estado Democrático de Direito e deve ser respeitado", destaca.

Valmir Pontes deixou claro que a iniciativa de querer banir da política aqueles cidadãos de conduta duvidosa é louvável, mas adverte que para isso, não se pode passar por cima de normas constitucionais, acrescenta o constitucionalista.

"Os fins não podem justificar os meios. Ora, na época da ditadura era assim, se passava por cima de qualquer norma em nome do regime. E isso está voltando agora? Não podemos aceitar", afirma.

O jurista ponderou até mesmo que o voto popular pode ser um instrumento de correção neste aspecto. "Os políticos que estão no poder chegaram lá como? Por meio do voto. Então, a culpa primeiro é do partido político que permite pessoa de conduta duvidosa em seus quadros, e depois a responsabilidade é do próprio eleitor. Na democracia você só aprende a votar, votando. Se deu errado, então que façamos a correção na eleição seguinte", finalizou.

A respeito do julgamento do STF a respeito da Ficha Limpa, Valmir lamenta que o ministro presidente da Corte, Cezar Peluso, não tenha definido a questão com o voto de Minerva.

"Nacional SUSPEITA - MP pede testes para verificar se Tiririca sabe ler

Tiririca, segundo a revista Época, deu indícios de que não sabe ler e escrever. Se for analfabeto sua candidatura será cassada

Essa é a terceira representação do promotor Maurício Lopes contra o candidato a deputado federal

São Paulo. O promotor Maurício Antônio Ribeiro Lopes, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, entrou com duas representações, uma na Procuradoria Regional Eleitoral e outra na Corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, para averiguar se o candidato a deputado federal Tiririca (PR) sabe ler e escrever, como exige a lei.

Uma reportagem publicada na revista Época desta semana revela indícios de que Francisco Everaldo Oliveira Silva, o Tiririca, não sabe ler nem escrever. Segundo a reportagem, a caligrafia do candidato nos autógrafos distribuídos aos eleitores é diferente da apresentada na declaração entregue ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) em que atesta que não é analfabeto.

O promotor utilizou a reportagem como base para as suas representações. "Fiquei escandalizado com a notícia de que o candidato pode ser analfabeto, isso é inaceitável", afirma.

Lopes acredita que o PR sabe da condição de Tiririca, mas esconde a situação do eleitorado.

Nas duas representações é pedido que Tiririca seja submetido, com máxima urgência, a um teste para comprovar que sabe ler e escrever. O promotor sugere que o candidato tenha que ler um trecho da Constituição Federal e escrever outro, por meio de ditado.

Caso seja constatado que Tiririca é analfabeto, sua candidatura é cassada. Se isso ocorrer antes da eleição, os votos computados por ele serão anulados. Porém, se ocorrer depois da eleição, os votos dele serão computados na sua coligação.

A legislação eleitoral exige que os candidatos apresentem comprovante de escolaridade. Na ausência de um documento, pode ser apresentada uma declaração de próprio punho. A lei prevê que a exigência de alfabetização do candidato pode ser aferida por meio de uma avaliação individual e reservada, caso haja necessidade.

A assessoria de imprensa do TRE-SP confirmou o recebimento da representação. E informou que o pedido será analisado nesta segunda-feira, 27.

O promotor também disse que vai protocolar um pedido contra um polêmico gibi distribuído pela campanha de Tiririca em que faz piadas, segundo ele, de mau gosto. Para ele, o gibi pode ser considerado brinde porque é distribuído.

sábado, 25 de setembro de 2010

"POESIA NO BLOG DO POETA - Saudade”

*
A Saudade é abstrata
Dói em todo lugar
E o remédio que trata
É quem tá longe voltar.
**
Temos saudade de amigos
Por longo período ausente
Mais nosso maior castigo
É quando estão doentes.
***
Temos saudade daqueles
Que foram e não voltam mais
Resta-nos pedir por eles
A Deus, proteção e Paz.
****
Temos saudade do amor
Quando temos que desistir
Mais ao sentir seu calor
Não podemos resistir.
*****
Temos Saudade da infância
Que deixamos para traz
E sem muita observância
Tornamos adultos capazes.
******
Temos saudade também
Dos nossos antepassados
Lembra-los, sempre faz bem.
Pois nos deixaram legado.
*******
Temos saudades impossíveis
E que não acabam jamais
Dos ídolos inacessíveis
Que estão nos pedestais.
********
Temos saudade ainda
Da vida alegre e feliz
Das namoradas lindas
Onde fincamos raiz.
*********
Temos saudade também
De nossa primeira paixão
Que não respeitou ninguém
Passou como um furacão.
**********
Temos saudade da vida
Daqueles que a perderam
E com grande nostalgia
Os que amavam, sofreram.

Poeta: Joaquim da Rocha.