segunda-feira, 31 de maio de 2010

“DENUNCIA NO BLOG DO POETA – UMA VERGONHA”

SE NÃO FOSSE O LIXO E AS CRIAN ÇAS, SERIA UMA BELA IMAGEM
Neste espaço sempre faço varias criticas a gestão pública municipal, construtivas é claro, tentando tocar a consciência dos gestores e, induzi-los os mesmos a pautarem suas gestões dentro dos princípios constitucionais que norteiam a administração pública, reconheço que não é fácil, por vários motivos, o primeiro e o mais importante é a falta de conscientização e colaboração da nossa população. Posso citar como exemplo, varias matérias que postei neste espaço mostrando o descaso dos nossos administradores com a limpeza publica do município. A administração municipal entrou em ação, organizou um mutirão, iniciou a limpeza das ruas, do porto do mosquito e completou a limpeza do Posto de Saúde e nos arredores do açude novo. Hoje, para minha surpresa, pude constatar que moradores mais bem servidos com a coleta seletiva de lixo em nossa cidade, os residentes na Rua Monsenhor Carneiro, estão jogando seu lixo residencial na beira do açude, atrás do muro de propriedade do espolio de Raimundo Wilson Carneiro, suspeito. Uma vergonha e o pior, na hora que fui fotografar, flagrei duas crianças tentando encontrar alguma coisa de utilidade no meio do lixão. Sei não meus caros conterrâneos, acho que se continuarmos com este tipo de atitude, estaremos desrespeitando em primeiro lugar a nós mesmos, pensem nisto.

"POESIA NO BLOG DO POETA - BRINCADEIRA EM..."

*
O que parece brincadeira
Na realidade é roubalheira
De administradores toupeira
Que vivem cometendo asneira
Deixando a população cabreira
De tanto presenciar besteira.

**
Parece que essa cabroeira
Que só vivem da mamadeira
Perderam a vergonha inteira
Dos cofres abriram à porteira
Com lábia e atitude faceira
Metendo a mão na nossa carteira.

***
Agora não adianta choradeira
Desta nossa população ordeira
Enganada em sua inocenteira
Por uma corja desordeira
Metida a aventureira
Que vivem fazendo porqueira.

***
Pode ser minha doideira
Mas se não aparecer mão justiceira
Com força e coragem alvissareira
Para punir os que dão bobeira
Pode piorar de tal maneira
Que o inferno vai ouvir a zumbideira.

*****
Vai ser grande a urradeira
Quando essa gangue pistoleira
For pegue com a boca na sujeira
Fazendo manobras marmoteira
Nem um pouco conselheira
Desrespeitando a Lei brasileira.

******
Peço a Deus da azuleira
Com minha fé lisonjeira
Para que essa gangue trapaceira
Seja passada na peneira
Excluindo os da rabeira
Mandando os lideres para lixeira.

*******
Aquela turminha gozadeira
Que ficam na calçadeira
Vão dar a maior trabalheira
Quando indiçar a torneira
E os que pagam a bebedeira
Caírem na ratoeira.

********
Quando acabar a lambedeira
E a nociva prática caloteira
Ou alguém encontrar a coveira
Vou parar de escrever asneira
Aposento minha famosa tinteira
E prometo esquecer a ladroeira.

Poeta: Joaquim da Rocha.

"PIADA DO DIA NO BLOG DO POETA - 2 - O portuga no confessionario"

Em uma pequena igreja de uma pequena cidade do interior uma jovem entra toda tímida para se confessar.
Assim que entra no confessionário fica muda e não diz nada. O padre percebe e diz:
- Minha filha, estou vendo que você tem algo grave para dizer, pode falar, Deus está aqui para te ouvir e te perdoar.
O tom de voz do padre faz a garota se sentir melhor, ela acaba falando:
- Sabe o que é padre, é que eu estava na casa de um amigo para fazer um trabalho de escola e...
- Continue filha.
- E nós...nós acabamos fazendo sexo padre.
Ao ouvir a confissão, o padre desmaiou, assustada a garota saiu correndo. Pouco depois entrou um português para se confessar. O sacerdote voltou a si e mais calmo perguntou, antes que o portuga dissesse algo:
- Então, quantas vezes você fez sexo com seu amigo de escola?
Enfezado, o português respondeu :
- Uma vez só, quando iera menino e vai adivinhaire assim na puta que te pariu.


"PIADA DO DIA NO BLOG DO POETA - DE PORTUGUÊS - O Portuga e os Pernelongos"

O Portuga chegou no hotel em Manaus e como estava muito quente, ela abriu a janela. Só que começaram a entrar vários pernilongos. Então, o Manuel ligou para a recepção e reclamou.
- Boa tarde, estou sentindo um calor dos infernos, mas com a janela aberta vários pernilongos estão entrando no meu quarto a me incomodar.
- Se O Senhor desligar as luzes de seu quarto, eles irão embora.
Mesmo sem acreditar, por não ter capacidade de pensar tão aprofundadamente, ele seguiu a orientação, e realmente eles se foram.
Depois de um tempinho, começaram a entrar vários vaga-lumes, e então O Manuel ficou impressionado com o que viu e tornou a ligar para a recepção reclamando:
- Senhor, o que foi agora?
Então o Manuel responde:
- Não adiantou porra nenhum, os mosquitos voltaram e desta vez munidos de lanterna...

domingo, 30 de maio de 2010

"POLITICA NO BLOG DO POETA - ARTIGO: A DISCUSSÃO ACERCA DA MUDANÇA NOS TEMPOS VERBAIS DA LEI FICHA LIMPA."

Muita discussão e polêmica se gerou em torno da emenda de redação feita pelo Senador Francisco Dornelles ao projeto Ficha Limpa aprovado recentemente pelo Congresso Nacional. Discute-se a possível mudança nos tempos verbais de alguns dispositivos da lei como por exemplo: "os que houverem sido" para "os que forem", o que acarretaria a impossibilidade de se alcançar os casos passados. Para muitos, haveria se tentado manobrar o alcance da lei para que os seus efeitos venham a incidir apenas sobre os que vierem a ser condenados no futuro, eximindo assim os que já foram condenados antes da vigência da lei. No entanto, como estudioso do direito eleitoral e com o objetivo de dirimir a minha própria dúvida resolvi pesquisar os precedentes da nossa Corte Suprema e verifiquei que o Supremo Tribunal Federal já decidiu pela aplicação retroativa da Lei de Inelegibilidades 64/90, ou seja, que as causas de inelegibilidade, quando instituídas alcançam os casos pretéritos.

Trata-se do Mandado de Segurança impetrado pelo ex-prefeito de Vitória/ES Hermes Leonel Laranja Gonçalves em face do Tribunal de Contas da União, onde questiona a legalidade do julgamento pela rejeição de suas contas e aplicação de multa.

O ex-prefeito argumenta que é ilegal a inclusão de seu nome em lista do TCU e a aplicação retroativa da Lei Complementar 64/90 (lei das inelegibilidades), uma vez que a referida lei não poderia erradiar seus efeitos para o passado e alcança-lo tornando-o assim inelegível uma vez que seu mandato havia terminado há muito tempo.

Entretanto o Supremo Tribunal Federal decidiu por unanimidade que as hipóteses de inelegibilidade não constituem penalidade, ou seja, não tem natureza de pena aplicável, mas sim de condição imposta pela ordem jurídica para afastar pessoas inaptas à concorrerem a cargos públicos, dessa forma não há que se falar em irretroatividade da Lei Ficha Limpa, uma vez que a mesma altera os artigos da Lei Complementar 64/90 (lei de inelegibilidades).

Vejamos a ementa do julgado:

EMENTA: - CONSTITUCIONAL. ELEITORAL. INELEGIBILIDADE. CONTAS DO ADMINISTRADOR PÚBLICO: REJEIÇÃO. Lei Complementar n. 64, de 1990, art. 1., I, "g". I. - Inclusão em lista para remessa ao órgão da Justiça Eleitoral do nome do administrador público que teve suas contas rejeitadas pelo T.C.U., além de lhe ser aplicada a pena de multa. Inocorrencia de dupla punição, dado que a inclusão do nome do administrador público na lista não configura punição. II. - Inelegibilidade não constitui pena. Possibilidade, portanto, de aplicação da lei de inelegibilidade, Lei Compl. n. 64/90, a fatos ocorridos anteriormente a sua vigencia. (MS 22087-2 Min. Carlos Velloso. STF)

Além disso, o juiz Dr. Marlon Jacinto Reis, presidente da ABRAMPPE - Associação dos Magistrados, Procuradores e Promotores Eleitorais entende que a utilização do verbo no futuro do subjuntivo é plenamente aceitavel no direito eleitoral sem que isso configure irretroatividade da lei. Exemplo disso é o texto do artigo 1, L, "g" da Lei de Inelegiblidades que utiliza a expressão "os que forem condenados" e "os que tiverem suas contas".

Outro argumento que assegura que a Lei do Ficha Limpa retroage para alcançar os casos passados é a hipótese de recursos com efeito suspensivo poderem ser interpostos para suspender a condenação. A lei prevê em seu artigo 3 que antes de sua entrada em vigor, os indivíduos que já ostentem condenações por órgão colegiado poderão aditar seus recursos e pedir o efeitos suspensivo. Assim. restaria inócua a disposição do referido artigo se a lei não abarcasse os indivíduos condenados antes da vigência da lei.

Tendo em vista o abordado, conclui-se que diante do atual entendimento do Supremo a Lei do Ficha Limpa aprovada recentemente pelo Congresso Nacional tem plena eficácia sobre os casos do passado.

Autor: Jorge Umbelino da Silva
Postado por Jorge Umbelino.

sábado, 29 de maio de 2010

"POESIA NO BLOG DO POETA - O Futebol"

*
O futebol é uma arte
Trazido da Inglaterra
Que o Brasil faz parte
Desde sua invenção na terra.

**
Somos melhores do mundo
Com nosso futebol moleque
De deixar jogador corcundo
Principalmente os beques.

***
O Futebol é um celeiro
De constante renovação
Orgulho dos brasileiros
É a nossa seleção.

****
O futebol é diversão
Com seus estádios lotados
Lamentamos a imprecisão
De torcedores apaixonados.

*****
O Futebol é um prazer
De todo final de Semana
E do pobre o melhor lazer
Pago a preço de banana.

******
O Futebol é alegria
Quando nosso time ganha
O torcedor fantasia
Esquecendo que apanha.

*******
O futebol é felicidade
Se nosso time é campeão
Esquecemos a vaidade
E caímos na diversão.

********
O Futebol é cultura
E um atrativo forte
Que estimula com ternura
Criança a praticar esporte.

*********
O futebol é Universal
E atravessam fronteiras
Do Brasil ao Nepal
Ultrapassou as barreiras.

**********
O Futebol é integração
Que de milagre é capaz
Respeitando a civilização
Vem restabelecendo a paz.

Poeta: Joaquim da Rocha.
Chaval – Ceará.

"PIADA DO DIA NO BLOG DO POETA - DE PORTUGUÊS"

Tinha um brasileiro, um chileno, um australiano e um português que iam ser condenados com fuzilamento. Aí chegou a vez do brasileiro.
Prenderam ele numa parede com umas algemas e...:
- Preparar. Apontar. F...
- Cuidado! Terremoto!
O brasileiro gritou e saiu todo mundo correndo. Aí chegou a vez do chileno:
- Preparar. Apontar. F...
- Cuidado! Maremoto!
Saíram todos correndo. Chegou a vez do australiano:
- Preparar. Apontar. F...
- Cuidado! Furacao!
Todo mundo fugiu. Agora chegou a vez do português.
- Preparar............(o portuga tava pensando no que iria falar) Apontar....(port:-terra.... mar... vento..., o que eu falo?) F...
- FOGO! (o português grita)

sexta-feira, 28 de maio de 2010

"POLITICA NO BLOG DO POETA - MALUF QUER PROCESSAR PROMOTOR AMERICANO POR INSERÇÃO DE SEU NOME NA LISTA DE PROCURADOS DA INTERPOL."

O deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) e seu filho Flávio Maluf decidiram processar o promotor de Nova York Robert Morgenthau, que os acusou de terem participado de um esquema de superfaturamento e de propina na prefeitura de São Paulo. Em Nova York, Maluf é acusado de conspiração em quarto grau, ocultação de valores desviados e roubo de dinheiro do município. Por causa desses supostos crimes, Morgenthau solicitou à Polícia Internacional (Interpol) a inclusão dos nomes de Maluf e de seu filho na lista de "difusão vermelha", com o alerta de "procurados".

Por meio de nota, a assessoria de imprensa do deputado informou que Maluf contratou os advogados americanos Bryan Skarlatos e Sharon McCarthy para processar o promotor a fim de interromper a "ilegalidade perpetrada contra a família", ação considerada por Maluf como "descabida e intempestiva". O objetivo é retirar inclusive o alerta vermelho da Interpol.

Segundo o promotor Morgenthau, quando prefeito de São Paulo, Maluf teria transferido os "recursos roubados" da prefeitura da capital paulista para uma conta em Nova York, que recebeu o nome de Chanani. De lá, o dinheiro teria seguido para uma conta bancária na Ilha de Jersey. O promotor norte-americano também acredita que o dinheiro aplicado na conta bancária de Nova York tenha retornado ao Brasil para comprar artigos pessoais e pagar despesas de campanhas políticas, entre elas, a do ex-prefeito Celso Pitta, que administrou a cidade entre 1997 e 2000.

Segundo a assessoria, o promotor dos Estados Unidos não poderia ter processado um congressista brasileiro por supostos fatos que teriam ocorrido no Brasil. De acordo com a nota, a inclusão do nome do deputado na lista da Interpol e a acusação de conspiração e roubo de dinheiro público contra ele são "mera vingança" do promotor de São Paulo Silvio Marques, responsável pelas investigações no Brasil.

Mas na última sexta-feira (19), Marques negou que as investigações contra o deputado sejam uma forma de represália.

Postado por Jorge Umbelino.

"POLITICA NO BLOG DO POETA - JUSTIÇA RECEBE DENUNCIA CONTRA MALUF E TUMA POR OCULTAÇÃO DE CADÁVERES."

A juíza Tânia Lika Takeuchi, da 4ª Vara Federal Cível de São Paulo, recebeu a ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal que pretende responsabilizar a União, o Estado de São Paulo, três universidades e autoridades pela demora na identificação dos restos mortais de militantes políticos mortos durante a ditadura militar e enterrados no cemitério de Perus, na zona norte de São Paulo. O recebimento significa a instauração formal do processo civil. A juíza determinou a citação do senador Romeu Tuma (PTB-SP), que foi chefe do Departamento Estadual de Ordem Política e Social, dos ex-prefeitos Paulo Maluf (PP-SP) e Miguel Colasuonno, atual diretor da Eletrobrás, do médico legista Harry Shibata e de Fábio Pereira Bueno, ex-diretor do Serviço Funerário de São Paulo. Eles deverão apresentar suas defesas no prazo legal. Se forem condenados, poderão ser obrigados a pagar indenizações, perder funções públicas ou aposentadorias. Os mandatos de Tuma e Maluf não seriam afetados pela ação civil.

Segundo a acusação, Maluf ordenou a construção do cemitério de Perus, com quadras para "terroristas". Na gestão de Colasuonno, o cemitério de Vila Formosa foi reurbanizado, dificultando a localização dos corpos dos militantes. Tuma teria deixado de informar às famílias as mortes no Dops.

Em outra ação, o juiz João Batista Gonçalves, da 6ª Vara Federal Cível de São Paulo, deu prazo de 72 horas para que a União e o Estado de São Paulo se manifestem sobre providências também relativas aos mortos e desaparecidos.

O jornalista Adilson Laranjeira, assessor de Maluf, disse que "a procuradora responsável pela denúncia deveria ser processada pelo Ministério Público por demência declarada".

Na semana passada, Colasuonno informou que desconhecia os fatos, e a assessoria de Tuma afirmou que o senador somente se manifestaria depois de conhecer o processo.

Postado por Jorge Umbelino.

"POLITICA NO BLOG DO POETA - VITÓRIA CONTRA A CORRUPÇÃO: DELÚBIO SOARES É CONDENADO POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA."


O funcionário público estadual, já afastado do cargo, ex-tesoureiro do PT e ex-integrante do partido, Delúbio Soares de Castro, terá de ressarcir os cofres públicos em R$ 164.695,51, além de ter suspenso seus direitos políticos por oito anos e não poder exercer a função pública. A decisão, por maioria de votos, é da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), que seguiu voto do desembargador João Waldeck Felix de Sousa, redator do acórdão, e condenou Delúbio à perda da função pública, exercida ao tempo do trânsito em julgado da ação, e ao pagamento de multa no valor de seis salários mínimos equivalentes à sua remuneração como professor. O ex-tesoureiro do PT também está proibido de celebrar contratos com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais e creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio-majoritário, pelo prazo de 10 anos.

A decisão é extensiva também à ex-presidente do Sintego Noeme Diná Silva, uma vez que o desembargador entendeu que houve responsabilidade solidária no caso. Já a ex-deputada federal Neyde Aparecida, que figurava também como ex-presidente do Sintego, foi retirada do processo em razão da prescrição da acusação. O valor devolvido corresponde a período entre setembro de 1994 e janeiro de 1998 e entre fevereiro de 2001 e janeiro de 2005 – exatos 100 meses de trabalho.

Ao reconhecer o ato de improbidade administrativa praticado por Delúbio, inclusive com dolo, quando adquiriu o dinheiro de forma ilegal para gozar de licenças remuneradas concedidas para que atuasse no Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Goiás (Sintego) quando, na verdade, residia em São Paulo, e não prestava serviços ao sindicato, o colegiado reformou, em parte, a decisão proferida em 28 de maio de 2007, pelo juiz Ari Ferreira de Queiroz, da 3ª Vara da Fazenda Pública Estadual de Goiânia. Na época, o magistrado já havia condenado Delúbio, Neyde e Noeme a devolver o referido valor aos cofres públicos, no entanto, ele entendeu que a ocorrência de ilegalidade não era suficiente para caracterizar improbidade, deixando, assim, de condenar Delúbio, Noeme e Neyde por tais atos.

Contudo, em sua redação final, João Waldeck ressaltou que Delúbio afastou-se ilegalmente das salas de aulas em Goiás mediante informações inverídicas fornecidas por Noeme de que estaria lecionando para exercer atividades alheias à sua função, acarretando lesão ao erário estadual, já que o Estado efetuou normalmente o pagamento dos seus salários. “Verifica-se que por muitos anos ambos agiram com violação dos princípios da legalidade e moralidade, norteadores da administração pública abusando do cargo que ocupavam em detrimento da coisa pública, agindo em proveito próprio. Por agirem com improbidade, de forma imoral e ilegal, além da suspensão dos diretos políticos por oito anos, eles devem ser punidos também com a perda da função pública”, esclareceu o redator.

Rebatendo o argumento de que Delúbio poderia ter prejuízos graves com a perda da função pública, ele lembrou que a Lei nº 8.429/1992 que se aplica a qualquer agente público e inclusive a particulares, prevê garantias processuais suficientes aos acusados, já que a perda da função pública e dos direitos políticos somente ocorrerá durante trânsito em julgado da ação. “É evidente que nãos e defende a perpetuidade da inabilitação para o exercício da função pública, até porque a sanção em caráter definitivo nãos e harmoniza com os princípios e garantias fundamentais da atual Constituição Federal”, destacou.

Divergência

Relator do recurso, o desembargador Alfredo Abinagem, cujo voto ficou vencido, já havia condenado Delúbio e Noeme em todos os aspectos já mencionados, em 29 de março deste ano. No entanto, a divergência se deu apenas porque o relator deixou de condená-los à perda da função pública, por entender que não seria condinzente com o princípio da razoabilidade, ou seja, a cumulação da perda da função pública com as demais condenações, ensejaria, inclusive a perda da aposentadoria, acarretando, dessa forma, dificuldades de garantia de sobrevivência e dignidade aos dependentes do réu. Por esse motivo, o acórdão só foi assinado em 4 de maio, tendo o desembargador João Waldeck ficado como redator, já que foi ele que levantou a divergência.

Na ação de improbidade, o Ministério Público (MP) sustentou que Delúbio Soares se beneficiou da Portaria nº 3764/2001, que o autorizou a prestar serviços, a título de colaboração, no Sintego, tendo sido remunerado, por isso, entre 9 de fevereiro de 2001 a 8 de fevereiro de 2005, sem no entanto ter prestado qualquer serviço durante todo esse tempo, vez que ocupava o cargo de tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) e residia em São Paulo (SP). Ainda de acordo com a promotoria, para continuar a receber vencimentos, Delúbio contou com a ajuda da então dirigente sindical Noeme (ex-presidente do Sintego), que atestava ilegamente sua freqüência, mesmo sabendo que ele não estava prestando os serviços.

Neyde Aparecida, por sua vez, na condição de secretária, autorizava o pagamento. Em seus argumentos apresentados na ação civil pública, Noeme negou que tenha atestado de forma fraudulenta a freqüência de Delúbio porque, segundo ela, quando assumiu a presidência do Sintego essas freqüências já vinham sendo encaminhadas. Ainda segundo seu entendimento, o MP pretende “punir Delúbio por questões políticas, notadamente o episódio conhecido como Mensalão”. Por sua vez, Neyde Aparecida sustentou não ter cometido, conscientemente, nenhuma irregularidade, e se disse vítima de perseguição por parte do MP.

Dizendo-se “o lado mais fraco da situação”, Delúbio alegou que não agiu por conta própria pois havia um acerto político entre a Central Única dos Trabalhadores (CUT), os Governos Federal e do Estado de Goiás para que ele, na condição de dirigente sindical, ficasse à disposição do Sintego negando, com isso, que tenha pretendido abandonar o seu cargo na Secretaria de Educação e afirmando ter permanecido sempre à disposição do Sintego.

Postado por Jorge Umbelino.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

“AGORA SÃO DUAS AS CRATERAS NO ESGOTO DA RUA MAJOR FIEL”

 
Há mais de dois meses, os moradores da Rua Major Fiel e até uma creche municipal para crianças excepcionais, estão tendo que conviver com a fedentina que exala desta cratera. No período da tarde, quando o vento sobra do norte, o mau cheiro fica insuportável até dentro das residências onde idosos e crianças estão expostos a riscos de contraírem vários tipos de doenças. Parece que a gestão pública de Chaval não está muito interessada no bem estar de seus munícipes, pois até agora não apareceu ninguém da Secretaria de Obras para avaliar a situação. E olhe que esta matéria já foi veiculada em todos os blogs desta região. Convidamos a Senhora Prefeita para tirar alguns minutinhos do seu precioso tempo e no período da tarde viesse fazer uma visita a estas residências ou até mesmo a creche municipal para constatar a veracidade destas informações, já que foto não exala cheiro. Em nome dos moradores prejudicados e das crianças excepcionais antecipadamente agradecemos a Vossa Excelência. Tem mais, Enquanto a gestão não resolve o problema, tem gente que não ajuda, fica jogando lixo dentro destas crateras o que aumenta o mau cheiro e o risco para as pessoas

quarta-feira, 26 de maio de 2010

"VEJAM ESTE COMENTÁRIO SOBRE AQUELA MATERIA DO PROARES"

colombo disse...
Vou repetire meu comentário, feito em igual matéria em outro Blog da Região, afinal minha opinião continua a mesma.
Não tem uma única palavra que justifique, ou melhor, que explique tal insensatez. Como abandonar uma obra, faltando menos da metade para ser concluída, especialmente, quando essa tem os melhores objetivos que se possa pensar para uma comunidade do porte de Chaval.
O Programa de Apoio às Reformas Sociais em Favor da Criança e do Adolescente (Proares), Programa que visa beneficiar crianças, adolescentes e jovens, entre 0 e 25 anos, em situação de risco social. Os municípios contemplados foram escolhidos seguindo dois critérios estabelecidos pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). O primeiro foi o índice de Vulnerabilidade Social (IVS), que considera, dentre outros fatores, o número de famílias com renda abaixo de um quarto de salário mínimo e que mora em residências com infra-estrutura inadequada. O segundo critério é o valor da contrapartida do município para iniciar os trabalhos do Proares, que corresponde a 20% do total do investimento.
Uma comunidade, onde a juventude é destruída, seja pelos excessos, seja pela ausência. Excessos de vícios, ausência de perspectivas de vida e absoluta falta de políticas públicas que atendam suas necessidades. O jovem em Chaval, não vislumbra uma luz no fim do túnel, ao contrário disso ver como espelho de vida, situações deprimentes. Os mais velhos que também entregues ao vício, morrem sem nenhuma realização, nenhuma vitória, nenhuma glória. Sobressaem nesta comunidade os espertalhões, que se locupletam do poder e de forma desonesta e abusiva, contando com o descaso de autoridades constituídas, desviam os recursos destinados ao bem comum, para enriquecimento próprio. São pessoas detentoras de algum conhecimento que permeiam e gozam os bons momentos sociais e se aproveitam também da ignorância do povo para agir, usurpando-lhe o pouco que lhe é de direito, como neste caso.
Sonhava-se com o Proares, como um centro de especialização, para aproveitar as qualidades e os dotes de jovens sonhadores e transformá-los em realidade. A sociedade local, com seus parcos recursos, não tem como oferecer a seus filhos, o mínimo de escolaridade e conhecimento que lhes qualifique para disputar mercado de trabalho. É numa oportunidade destas que se vislumbra alguma chance de um jovem cidadão poder galgar patamares antes sonhados, mas nunca experimentados. Mas de forma irresponsável, essa chance foi tolhida e esse sonho foi abortado. Resta uma pequena esperança, que o Governo do Estado, desconsidere o convênio e conclua a obra, pensando no povo de Chaval. Que é a maior vítima dos caprichos desses insensatos.

"*****Brasília*****"

*
Brasília sonho meu
Projetada por Oscar
Que Juscelino nos deu
Para o governo abrigar.

**
Tem forma de Avião
Com todos os artefatos
E o comando da nação
Está na cabina planalto.

***
Sua arquitetura arrojada
E modernismo recente
Digna de ser invejada
Por metrópoles decadentes.

****
O palácio do planalto
E sua rampa imponente
Onde o poder fala alto
Defendendo nossa gente.

*****
A Câmara e o Senado
São abrigados em conchas
E em trabalhos passados
Livrou-nos de varias manchas.

******
A esplanadas dos ministérios
É a imagem do respeito
Lá se trabalho sério
Deixando o povo satisfeito.

*******
O supremo tribunal
Que os poderes, fiscaliza.
Com respeito e moral
Errou, ele não alisa.

********
E a catedral de Brasília
De imponente beleza
Considero uma maravilha
No âmbito da realeza.

*********
Suas largas avenidas
Permite transito fluente
Facilitando a vida
Do trabalhador decente.

**********
É o berço da democracia
E de respeito ao cidadão
Sem nenhuma primazia
Trata a todos como irmão.

***********
Conheceu a ditadura
*E os rigores do A I V
Momentos de amargura
Para este povo distinto.

************
Mas a luta por liberdade
Acabou com a opressão
Para nossa felicidade
Somos parte desta nação.

* A I 5 – Decreto Lei da época da ditadura, que amordaçava a imprensa e toda a população.
Autor: Joaquim da Rocha.

"PIADA DO DIA NO BLOG DO POETA - DE PORTUGUÊS"

O português vê uma maquina de coca-cola e fica maravilhado. Coloca uma fichinha e cai uma latinha. Coloca 2 fichinhas e caem 2 latinhas. Coloca 10 fichas e caem 10 latinhas. Então ele vai ao caixa e pede 50 fichinhas. Diz o caixa:
- Desse jeito o sr. vai acabar com as minhas fichas.
- Não adianta, eu não paro enquanto estiver a ganhar.

terça-feira, 25 de maio de 2010

“SUINOS FAZEM A FRENTE DO FORUM DE CHAVAL DE POCILGA”

“DESRESPEITO AO CÓDIGO DE POSTURA DO MUNICIPIO”

Hoje pela manhã, minhas lentes flagraram dois animais da espécie suína, fuçando a área livre do lado do muro do Patronato Monsenhor Carneiro e em frente ao Fórum de Chaval, na Rua Major Fiel. Mais o que me chamou mesmo atenção foi ver que na calçada do fórum, tinha um guarda municipal ou vigia, caracterizado, com uma camisa laranja, cor preferida da nossa estimada prefeita e o mesmo não ter se dado ao trabalho de afugentar estes animais. Curioso, no muro tem uma inscrição dizendo que é proibido jogar lixo, mais infelizmente estes suínos não sabem ler e ficaram lá a procura de alimentos e vez por outra fazendo suas necessidades fisiológicas. Será que o vigia sabe? Vejam as fotos:
AO FUNDO A ESCOLA INFANTIL "CRIANÇA FELIZ"
ASSUSTADO COM MINHA PRESENÇA
POUSE PARA CÂMARA
LÁ VAI O BESTA: Que tal a nossa ilustre prefeita ordenar a sua Assessoria Jridica fazer uma analise no Código de Postura do Municipio de Chaval, ele é bem antigo, mais com certeza vocês vão descobrir como agir nestes casos e, se por acaso estiver muito dificil encontrar este documento e só mandar um portador na casa casa que mando uma cópia. Não fui eu que fiz esta lei nem tampouco sou o gardião dela.


segunda-feira, 24 de maio de 2010

"*****O Nordestino*****"

*

A seca aqui no nordeste
Virou caso de policia
Políco rouba, não investe.
Paraíso fiscal é primícia.

**
Os Nordestinos sofridos
Apelam ao padim ciço
Mas não são socorridos
Pelos políticos omissos.

***
A vida ele vai levando
Cabra da peste destemido
As dificuldades driblando
Satisfazendo o ego ferido.

****
Por ser forte e destemido
Com vivências Ancestrais
Não se curva ao rugido
Das barreiras naturais.

*****
Trabalha o dia inteiro
Da manhã ao anoitecer
Não ver a cor do dinheiro
Pois só ganha para comer.

******
Muitas vezes o patrão
É péssimo e de amargar
Sustenta a água e pão
Sem direito a reclamar.

*******
Arrenda-se terra alheia
É pagando um por três
O que tira da colheita
O patrão compra de vez.

********
Se é vaqueiro de fazenda
E tira alguma sorte
Não dá para fazer emenda
O patrão compra para corte.

*********
Chega à época das festas
O único lazer anual
O Nordestino detesta
Pois o tratam como animal.

**********
Mais participa assim mesmo
É habilidoso no rodeio
Perambula nas ruas a esmo
Alisa e retorna a seu meio.

Poeta: Joaquim da Rocha

"PIADA DO DIA NO BLOG DO POETA - DE PORTUGUÊS"

O Joaquim chegou na farmácia e estranhou quando viu o Manuel com um supositório atrás da orelha:
- Oh Manuel, o que fazes com esse supositório atrás da orelha?
- Supositório?! que supositório?
- Esse que está atrás de tua orelha.
- Ai Jesus, onde será que eu coloquei a caneta?

domingo, 23 de maio de 2010

“ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DE CHAVAL CUMPRE SEU PAPEL E MANDA LIMPAR UBSF”

Quando existe boa vontade e competência a administração pública funciona, porque dinheiro sabe-se que tem. Veja o caso do Posto de Saúde José Filomeno de Moraes, situado na Rua Zeferino Costa. No dia 18 do corrente, publiquei uma matéria neste blog com a seguinte manchete: “DESCASO, MATO TOMA CONTA DE POSTO DE SAÚDE EM CHAVAL”. Vejam a diferença 05 dias depois da matéria circular na internet:
 

LÁ VAI O BESTA: Parabéns a gestão pública da saúde, que entendendo que nós fiscais do povo só queremos ajudar, mandou rapidinho fazer a limpeza do posto, ainda falta à parte de trás, mais acredito que segunda feira os trabalhos continuem.

sábado, 22 de maio de 2010

"PIADA DO DIA NO BLOG DO POETA - DE PORTUGUÊS"

O Manuel e a Maria estavam sentados num banquinho em uma praça e veio um passarinho e cagou no ombro dele, aí a Maria falou:
- Óh Manuel, limpes isso com esse lencinho.
- Ih Maria, agora não sei mais qual foi o passarinho que me fez isso.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

"*****BRASIL*****"

*
Brasil de muitas riquezas
Hoje em petróleo auto-suficiente
Mas devido à esperteza
O preço continua crescente.
**
Brasil dos pampas gaúcho
Onde impera a ostentação
A riqueza gera o luxo
Neste pedacinho da nação.
***
Brasil de uma São Paulo barulhenta
Mas aconchegante e hospitaleira
Que sofre com uma guerra sangrenta
De bandidos sem eira e sem beira.
****
Brasil do nosso pantanal
De belezas deslumbrantes
Que preserva a vida animal
Para os nativos e visitantes.
*****
Brasil de um nordeste pobre
De homens dignos e trabalhadores
Que enfrentam com consciência nobre
As barreiras físicas e seus dissabores.
******
Brasil dos foliões e carnaval
Uma tradição de nossa gente
Que mesmo vivendo mal
Não demonstram o que sentem.
*******
Brasil de festas juninas
Uma tradição do nordeste
Que agrada desde os pequeninos
Até os machões cabras da peste.
********
Brasil de muitas culturas
Espalhadas de sul ao norte
Temos artistas com fartura
É este nosso ponto forte.
*********
Brasil da linda Amazônia
Hoje o pulmão do universo
Onde o desmatador nos dá insônia
Por ser um mercenário perverso.
**********
Brasil da impunidade
E de muita corrupção
Devido à fragilidade
Das leis em execução.
***********
Brasil de gente honesta
E com ética na profissão
Que sonham com o fim da festa
Daqueles que roubam a nação.
************
Brasil de Eloísa Helena
Esta brava ex-senadora
Que bateu duro e sem pena
Nesta gangue traidora.
*************
Brasil de Eduardo Suplicy
Senador honesto e respeitado
Deste não se fala por ai
Que tenha na cueca, dinheiro roubado.
**************
Brasil da senadora Patrícia
Representante ilustre do Ceará
Seu trabalho é uma delicia
Se quiser pode comprovar.
***************
Brasil de bons políticos
E de outros que só pensam em roubar
Para os bons é um verdadeiro suplicio
Ter esta corja, a lhes envergonhar.
****************
Brasil da geração Lula
Que foi traído covardemente
Por alguns companheiros com gula
De enriquecerem rapidamente.

Poeta Popular: Joaquim da Rocha.

"PIADA DO DIA NO BLOG DO POETA - DE PORTUGUÊS"

Um português foi preso numa cela com um leproso. Com o passar do tempo, caiu uma unha do leproso e ele apanhou e atirou pela janela; a seguir aconteceu o mesmo com um dedo, uma orelha etc. O português não suportou a situação, quando o leproso atirou pela janela uma de suas mãos que havia caído. Ele chamou um "guarda" e avisou que queria falar, em particular, com o diretor do presídio, quando disse:
- Olha chefe, eu não sou dedo duro não, mas meu colega de cela está fugindo aos poucos.

"CORRUPÇÃO - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA RECEBE DENUNCIA E DETERMINA AFASTAMENTO DE DESEMBARGADOR EM RORAIMA"

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) recebeu, em parte, a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o desembargador Mauro José do Nascimento Campello, do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR). A Corte acompanhou, por unanimidade, o voto do ministro relator Teori Albino Zavascki, que rejeitou a denúncia com relação ao crime de responsabilidade, mas a recebeu em relação ao crime de concussão (vantagem exigida por servidor público).
Os ministros decidiram ainda afastar o desembargador do exercício de suas funções pelo prazo de um ano (sendo possível prorrogá-lo) e receber, também pelo mesmo crime, a denúncia contra Larissa Mendes Campello (ex-mulher), Clementina Mendes (ex-sogra) e Valderlaine Maia Martins (ex-servidora).

De acordo com a denúncia, Campello seria o principal mentor de uma série de irregularidades detectadas no Tribunal Regional Eleitoral de Roraima, entre 2003 e 2005, quando ele foi presidente da Corte. A investigação do MPF mostrou que, enquanto Mauro Campello exerceu a presidência do TRE/RR, os acusados exigiram vantagem indevida de funcionários que tinham cargo em comissão no tribunal. Os funcionários eram obrigados a entregar a Larissa, a Clementina e a Valderlane parte de seus salários, sob a ameaça de perderem os seus empregos, caso se recusassem a cumprir a exigência.

Em seu voto, o ministro Teori Zavascki destacou que os fatos narrados na denúncia confirmam o crime de concussão, não merecendo nenhum reparo. Quanto ao crime de responsabilidade, o relator ressaltou que o sujeito ativo dos delitos são os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), e não desembargador de tribunal estadual, não sendo permitida, portanto, a analogia, possível somente em casos excepcionalíssimos.

JORGE UMBELINO: Me parece que essa moda pega, pois em uma certa cidade muito distante, comenta-se que o prefeito fazia o mesmo. Quando atrasava os salários dos servidores, o que geralmente chegava ao absurdo periodo de 6 (seis) a 8 (oito) meses, ele coagia pessoalmente e por meio de seus capangas, os funcionários a praticamente "doarem" seus salários. A prática se dava da seguinte forma: O prefeito quanndo não falava pessoalmente em seu gabinete após convocação do funcionário, mandava um recado pelos seus capangas aos servidores dizendo que os mesmos iriam receber apenas 2 (dois) meses de salários e assinarem os 4 (quatro) meses restantes, sob pena de não receberem nada, caso não assinassem, e ainda por cima sofrerem perseguição política, sendo transferidos da sede para a zona rural do municipio. Segundo se comenta, isso foi feito por diversas vezes.
Postado por Blog do Jorge Umbelino. 

quinta-feira, 20 de maio de 2010

"ÚNICO PONTO TURISCO E ÁREA DE LASER DOS CHAVALENSES, COMPLETAMENTE ESQUECIDO PELA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA"

Caros leitores vejam estas fotos que encontrei no blog do vereador de Chaval, Fernando Falcão de Souza, Vida Cigana, não vou nem colocar os comentários dele por que acho que estas fotos falam por si só.

 

quarta-feira, 19 de maio de 2010

"****O Passeio*****"

*
Sai para passear
Com minha namorada
Parece que por azar
Caiu uma chuvarada.
**
O Riacho ficou cheio
Deixando-nos ilhados
E na Mata bem no meio
Ficamos os dois molhados.
***
O tempo foi passando
E a chuva diminuindo
Fui logo me preocupando
Pois a noite vinha caindo.
****
Fui procurar abrigo
Para nos agasalharmos
E sem corrermos perigo
Juntos a noite passar.
*****
Encontrei uma clareira
Com uma velha choupana
Onde acendi uma fogueira
E preparei nossas camas.
******
Para comer encontramos
Algumas delicias na mata
Que juntos saboreamos
O nosso mel com batata.
*******
Vencidos pelo cansaço
Não demoramos a dormir
E sem nenhum embaraço
Acordamos a sorrir.
********
De manhã bem cedinho
Procurei orientação
Para encontrar o caminho.
Pois tinha perdido a noção.
*********
O Riacho deu passagem
Seguimos nosso caminho
O pior foi à abordagem
Na casa do meu sogrinho.
**********
Lembro desta aventura
Com grande satisfação
E que para geração futura
Seja uma valiosa lição.

Poeta: Joaquim da Rocha.
Rua Major Fiel, 329 – Centro
Chaval – Ceará.